Ultrassom ginecológico 3D/4D de útero adequado

A ultra-sonografia ginecológica 3D/4D, atualmente é, métodos diagnóstico indispensável na avaliação das malformações uterinas: útero arqueado, útero septado, útero bicorno e didelfo, permitindo diagnósticos precisos, na maioria das vezes, os cortes coronais mostram a duplicidade dos endométrios , a extensão do septo e o contorno externo do útero se tem ou não depressão, o que possibilita a classificação, fornecendo informações que auxiliam a conduta terapêutica e o prognóstico reprodutivo( abortamentos de repetição estão associados a malformações uterinas). O útero septado iria para correção cirúrgica por histeroscopia (septoplastia).

Ultrassom ginecológico 3D/4D de útero septado
Útero septado

O termo arqueado refere-se aos casos em que existe mínima alteração da cavidade uterina, conferindo ao fundo uterino uma curvatura levemente côncava. A cavidade endometrial pode apresentar um septo mínimo, residual, na região fúndica. Atualmente é considerado como uma variante da normalidade. Não há necessidade de correção.

 Independentemente do tipo de malformação uterina, a melhor época para avaliação ultra-sonográfica, quer pela abordagem 2D quer pela 3D, é a segunda fase do ciclo menstrual, momento em que a visualização do endométrio é melhor e, portanto, melhor definição da cavidade uterina. Quando realizamos o exame na primeira fase do ciclo menstrual, a cavidade endometrial pode não aparecer adequadamente e com isso o diagnóstico pode passar despercebido.

Ultrassom ginecológico 3D/4D de útero bicorno
Útero bicorno

Havendo suspeita de malformações uterinas, há que se realizar sempre o exame na fase secretória. Entretanto, caso isto não seja possível, recomenda-se a realização da histeroendossonografia.

Na suspeita de Malformação uterina pela ecografia 2D, hà necessidade de aplicar a técnica 3D, para melhor esclarecimento da anomalia uterina, e poder fazer o melhor aconselhamento com a paciente.