Ultrassom 3D/4D Obstétrico

O ultrassom em 3-D, ferramenta importante para completar a avaliação do feto, e identificar algumas alterações de forma mais clara como falta de um membro ou lábio leporino, avaliação do coração fetal, por mencionar algumas, e do ponto de vista emocional e estético , ajuda aproximar os pais, ao verem o filho(a) traços que lembram alguém da família, pois, mostra fotos do bebê em três dimensões, e dá para ver o rostinho dele com detalhes. A ultrassonografia em 4-D seria o mesmo 3-D, mostrando as imagens em movimento. 

Esse tipo de ultrassom é tão seguro quanto a ultrassonografia comum.

A melhor fase para fazer um ultrassom em 3-D/4-D é entre 28 e 32 semanas de gravidez. Depois de 32 semanas, pode ser que a cabeça fique numa posição difícil de avaliar, não sendo possível obter uma boa imagem.

Ultrassom 3D/4D formação do bebêÉ bom ter consciência também de que nem sempre as fotos ou as imagens vão sair bonitinhas e claras como a gente quer. Tudo depende da posição em que o bebê está. A posição ideal é com o rosto virado para anterior, com boa quantidade de líquido amniótico na frente e sem a interferência do cordão umbilical.

Se o bebê estiver virado para as suas costas ou estiver com o rosto muito próximo da parede do útero, a imagem pode ficar difícil. A presença de uma camada de gordura na barriga da mãe também interfere na clareza da imagem.